Médicos e enfermeiros ao redor do mundo começaram a colar, em suas roupas hospitalares, uma foto de si mesmos sorrindo para tentar tranquilizar seus pacientes vítimas do novo coronavírus (SARS-CoV-2). Devido à gravidade da doença, os profissionais precisam usar roupas e máscaras que impossibilitam qualquer contato físico entre eles.

Leia também: Vacinas contra coronavírus têm resultado positivo na Itália

Robertino Rodriguez arrow-options
Reprodução/Instagram
Robertino Rodriguez


A iniciativa começou com o fisioterapeuta respiratório Robertino Rodriguez  do Hospital Scripps Mercy, em San Diego, nos Estados Unidos , há uma semana. "Me senti mal pelos meus pacientes nas urgências, quando entrava e a minha cara estava tapada com o material de proteção pessoal. Um sorriso animador faz uma grande diferença num doente assustado", escreveu ele em seu perfil no Instagram.

Leia também: Coronavírus: no Brasil, vítimas fatais fora do grupo de risco dobraram

"Então, hoje fiz um grande cartão, plastificado, grudado na minha roupa de proteção. Assim os meus doentes podem ver um sorriso animador e reconfortante", completou ele na legenda da imagem em que aparece o seu rosto.

Leia também: Covid-19: número de mortes no planeta ultrapassa a marca de 100 mil

Alguns profissionais de saúde brasileiros aderiram à causa e fizeram o mesmo para tentar confortar seus pacientes, como é o caso da média pediatra Emanuelle Queiroz . Ela compartilhou sua foto em suas redes sociais, que posteriormente foi repostada por Rodriguez, autor da iniciativa.


Emanuelle Queiroz arrow-options
Reprodução/Instagram
Emanuelle Queiroz




    Veja Também

      Mostrar mais