Boris Johnson
Foto: Reprodução
Boris Johnson


O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, deixou a unidade de terapia intensiva (UTI) nesta quinta-feira (9) após três dias internado. De acordo com o governo britânico, ele permanece em um hospital de Londres para o tratamento da Covid-19.

Um porta-voz do governo disse que Johnson continuará sob monitoramento nesta "fase inicial de recuperação". "Ele está em boa forma", afirmou o comunicado.

"Há guerra ideológica e de poder" por cloroquina, diz Bolsonaro

Dez dias depois de ter testado positivo para o Covid-19, Johnson foi hospitalizado no domingo com febre e tosse persistente. No dia seguinte, sua condição de saúde piorou, e os médicos decidiram transferi-lo para a UTI.

O estado de saúde de Johnson havia melhorado na quarta-feira. Apesar de não ter precisado de um respirador, os médicos ventilaram o primeiro-ministro para melhor a condição pulmonar do político.

“Bolsonaro está apostando alto pra ver no que vai dar”, diz Lula

Enquanto Boris Johnson está fora, o secretário de Relações Exteriores, Dominic Raab, tem comandado o governo — no Reino Unido, não há um plano B formalmente descrito nos casos de ausência do primeiro-ministro.

    Veja Também

      Mostrar mais