Passageiros pularam de balsa com suspeitas de covid-19 na Indonésia
Reprodução/The Straits Times
Passageiros pularam de balsa com suspeitas de covid-19 na Indonésia


Passageiros de uma balsa indonésia pularam no mar quando autoridades abordaram a embarcação e tentaram impedir que ela atracasse. O procedimento foi adotado por causa da suspeita de que três membros da tripulação tivessem contraído a covid-19, doença causada pelo novo coronavírus, o que não foi confirmado.

A balsa foi abordada no momento em que chegava ao porto de Mamure , na ilha oriental de Flores. Enquanto as autoridades debatiam se a embarcação receberia permissão para atracar, pessoas vestiram coletes salva-vidas, se jogaram ao mar e nadaram até a terra.

"Nós pedimos aos passageiros cooperação com os protocolos de saúde antes de desembarcarem do navio e abstenção de qualquer ação prejudicial", afirmou Wisnu Handoko, oficial do Ministério do Transporte.

Leia também: Itália diz que seus portos não são seguros para migrantes

Por fim, a atracação foi liberada e, depois disso, profissionas de saúde fizeram testes nos passageiros e na triupação. Alguns deles foram colocados em quarentena.

A ação foi motivada por protestos de moradores de Maumere, que se reuniram no porto para portestar contra a chegada do navio, por medo do novo coronavírus. A balsa transportava 255 passageiros, a maioria deles trabalhadores que voltavam da Malásia, que impôs medidas rígidas de confinamento. Na quarta-feira, a Indonésia registrou 2.956 casos de covid-19 e 240 mortes.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários