Assassinato na Rússia
Reprodução/CNN
O suspeito de assassinato na Rússia (à esquerda) foi encaminhado para a prisão

Um homem foi preso na Rússia sob suspeita de ter matado a tiros cinco jovens que estariam falando muito alto durante a quarentena. Ele foi preso no fim de semana após discutir com vizinhos da varanda do seu apartamento, disse o comitê investigativo do país para a agência de notícias TASS.

LEIA MAIS: Porta-voz iraniano recua após chamar coronavírus de "piada"

Os policiais chegaram no local pouco depois do assassinato dos quatro rapazes e a garota. O suspeito de 32 anos foi detido nas proximidades da cena do crime, segundo as autoridades. Ele teria gritado para que o grupo de jovens fizesse silêncio, mas não teve êxito no pedido.

Após xingamentos, o suspeito sacou a arma e disparou contra o grupo.

O incidente aconteceu no vilarejo de Yelatma, na região oeste do gigante europeu. Assim como a maioria das cidades no país, a área também impôs um ‘lockdown’ para a população, na tentativa de conter o espalhamento da Covid-19 , doença causada pelo novo coronavírus (Sars-CoV-2). Apenas trabalhadores essenciais continuam saindo na rua.


    Veja Também

      Mostrar mais