iraniano
Rouzbeh Fouladi/Zuma/Rex/Shutterstock
Kianoush Jahanpour em uma visita a um hospital improvisado em Teerã



O porta-voz do Ministério da Saúde do Irã voltou atrás depois que descreveu os números oficiais da China sobre o surto de coronavírus como uma " piada ".

Kianoush Jahanpour fez as declarações em uma conferência de imprensa e num tweet no domingo (05), acrescentando que a China havia dado a impressão de que o coronavírus era como a influenza, mas com menos mortes.

O tweet levou a uma censura do embaixador chinês no Irã, Chang Hua, que disse que o Ministério da Saúde da China realiza uma conferência de imprensa todos os dias. "Sugiro que você leia as notícias com muito cuidado para tirar conclusões", disse o embaixador.

As relações chinês-iranianas são normalmente positivas, em parte porque a China é um mercado-chave para o petróleo iraniano, e as críticas aos números de coronavírus da China anteriormente vinham apenas do oeste árabe.

Jahanpour disse que estava apenas comentando sobre como a avaliação epidemiológica da China do coronavírus não foi compartilhada pelo Irã.

Depois das representações chinesas no Ministério das Relações Exteriores do Irã, Jahanpour, um rosto familiar na TV iraniana, disse nesta segunda-feira (06): "Também devemos ver o copo meio cheio. No mínimo, todos decidimos que deveríamos respeitar os princípios da diplomacia."

    Veja Também

      Mostrar mais