Índia
Reprodução/AsiaNetNews
Rajesh Babu estilizou um capacete com o tema coronavírus.


A Índia é um dos países mais populosos do mundo e tem adotado uma postura mais rígida para conter os avanços da Covid-19 no território. Uma das medidas, divulgada pela CNN, é a criação de uma prisão temporária na cidade de Chandigarh. Um estádio de críquete foi transformado em prisão .

A medida entrou em vigor há uma semana, desde então é possível observar policiais levando pessoas que descumpriram a quarentena para o estádio, no setor 16 da cidade. Autoridades locais afirmam que cerca de 600 pessoas já foram detidas.

Leia também:Crime no ABC: Ministério Público denuncia casal e comparsas por morte de família

Segundo a policia local, a ideia não é manter os infratores presos, mas sim fornecer orientação e adverti-los quanto os riscos do contato social e a importância do distânciamento no combate ao novo coronavírus.

"Nós levamos pessoas que achamos vadiando na rua e que estão violando as determinações da quarentena. Trazemos elas à prisão para explicar sobre distanciamento social, damos comida a elas e falamos sobre a higienização adequada, e então elas são liberadas pela noite", disse Chandrajit Singh, oficial de relações públicas da polícia local. 

Os presos não são fichados, mas é possível que isso ocorra caso a pessoa seja reincidente. A medida estará em vigor até o fim da quarentena. A Índia adotou o isolamento social no último dia 24 de março e já tem cerca de 400 casos confrimados. O governo afirma que as medidas devem durar por no mínimo 21 dias.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários