nova york arrow-options
Reprodução
Nova York se tornou um dos epicentros do novo cornavírus

Após registrar 75.795 casos de infectados pelo novo coronavírus na cidade, o governador de Nova York, Andrew Cuomo, admitiu que subestimou a doença e disse estar se preparando para o pico da Covid-19.

Leia também: França bate recorde e tem 499 mortes por covid-19 em 24 horas

"Estou cansado de ser deixado para trás pelo vírus. Temos ficado para trás desde o primeiro dia", disse Cuomo em coletiva de imprensa nesta terça-feira (31). "Nós subestimamos o vírus. Ele é mais poderoso e mais perigoso do que esperávamos", completou.

A cidade de Nova York já soma 1.550 mortes pela Covid-19 e tem visto esse número crescer a cada dia. Nas últimas 24 horas, houve um aumento de 30% nos óbitos pela doença. Durante a entrevista, o governador afirmou que a curva está em largo crescimento, ou seja, ainda não alcançou o pico.

Leia também: Com contenção da covid-19, Dinamarca irá diminuir isolamento

O vírus chegou também à casa do político. O irmão de Andrew, o apresentador da CNN Chris Cuomo, foi diagnosticado com Covid-19 e está em quarentena domiciliar.

    Veja Também

      Mostrar mais