central park
O Globo/Reprodução
Dezenas de pessoas trabalharão até terça (31) na montagem das tendas

Um hospital de campanha está sendo levantado no Central Park, em Nova York . A expectativa é que esteja pronto até esta terça-feira (31) para atender ao número crescente de pacientes com covid-19.

A estrutura foi criada pela Samaritan's Purse, organização humanitária evangélica com sede na Carolina do Norte, que enviou cerca de 60 pessoas ao local.

A intervenção foi coordenada pelo governador de Nova York , Andrew Cuomo, a Agência Federal para a Gestão de Emergências dos Estados Unidos (Fema) e o grupo hospitalar Mount Sinai.

Leia:  Após alerta, Trump muda discurso e e estende isolamento nos EUA até fim de abril

Dezenas de pessoas trabalham no gramado do East Meadow, área de lazer do famoso parque nova-iorquino. O local foi escolhido por ser próximo a um dos hospitais do grupo Mount Sinai, no distrito de East Harlem.

Além da equipe de logística dedicada a montar o local, a Samaritan's Purse enviará médicos e enfermeiros para atender os pacientes. A organização já criou uma estrutura temporária também no norte da Itália, em Cremona, destinada a pacientes com covid-19.


"Esperamos estar em operação em 48 horas, prontos para receber pacientes", indicou o médico Elliott Tenpenny, coordenador da equipe, no domingo (29). Segundo ele, o hospital terá capacidade para 68 pacientes . O estado de Nova York é o mais afetado pelo novo coronavírus no país, com mais de mil mortes.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários