Agência Brasil

O último balanço divulgado na França indica cerca de 4.500 casos positivos do novo coronavírus. Já morreram pelo menos 91 pessoas. Mesmo assim, o presidente Emmanuel Macron manteve as eleições municipais deste domingo (15). Ele afirmou que quer manter a democracia no país.

Leia também: Pandemia: Alemanha fecha fronteiras devido ao coronavírus

Emmanuel Macron
Reprodução/Twitter/emmanuelmacron
Emmanuel Macron

O novo coronavírus propaga-se rapidamente no país, o que levou o governo a aumentar o nível de alerta e mandar fechar todo o comércio não essencial.

Leia também: Jair Bolsonaro está ou não com coronavírus? Entenda

Espanha

Emmanuel Macron
Pixabay
Bandeira da Espanha

A Espanha é o segundo país da Europa mais afetado pelo novo coronavírus, superado apenas pela Itália. O governo espanhol decretou quarentena obrigatória em todo o território. Neste domingo (15), as ruas de várias cidades estavam desertas.

Leia também: Coronavírus: França decide fechar tudo que não for "essencial"

A Polícia Municipal de Madri utilizou drones para apelar aos cidadãos que permaneçam em casa. Ao longo do dia, os agentes da polícia utilizaram megafones para dar ordem de recolher.

*Agência pública de televisão de Portugal

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários