Agência Brasil

homem de terno
Andrew Parsons
Boris Johnson, primeiro-ministro do Reino Unido

O governo do Reino Unido diz que está pronto para se retirar das conversações com a União Europeia (UE) caso não sejam feitos progressos até o mês de junho.

Esta é a posição do governo do primeiro-ministro Boris Johnson, manifestada nessa quinta-feira (27), e faz parte da política básica para as conversações pós- Brexit com a União Europeia, marcadas para começar na segunda-feira (2).

Leia também: Aviso em prédio veta idiomas além do inglês após Brexit

O Reino Unido visa a obter um acordo final até setembro. Contudo, se não houver progressos até junho, o governo decidirá se continua ou não com as conversações.

O Reino Unido deseja firmar um acordo comercial similar ao realizado entre a União Europeia e o Canadá. Isso significa abolir quase todas as tarifas impostas. O governo também disse que não tem intenção de estender o período de transição pós-Brexit, que vence no fim de dezembro.

*Emissora pública de televisão do Japão

    Veja Também

      Mostrar mais