Muhammad Bilal, de 18 anos, estava desaparecido há dois dias. Ele havia ido visitar seu tio que trabalha no Lahore Zoo Safari, no Paquistão. Nesta quarta-feira (26), seus ossos foram encontrados na área destinada aos leões no parque, quando uma equipe foi alimentar os animais. 

Leia também: Avô vai se declarar culpado por morte de neta que caiu de navio

leoa
Pixabay
Leoa


Não se sabe como o adolescente foi parar lá ou se ele foi morto e seu cadáver apenas descartado aos felinos. Chaudhry Shafqat, diretor-geral do safári, disse em entrevista que as medidas de segurança eram mais do que suficientes para evitar a tragédia. 

Leia também: Homem morre sufocado após ser preso dentro de uma mala pela namorada

A polícia afirma que está investigando o caso, e que a família de Muhammad está muito revoltada com o acontecimento. Eles chegaram a quebrar janelas dos escritórios do safári, danificar veículos e fechar estradas que levam ao local em protesto.

    Veja Também

      Mostrar mais