Debate do Partido Democrata
Reprodução/CNN
Debate do Partido Democrata

 Após uma movimentada pré-campanha, o Partido Democrata dos Estados Unidos começa a escolher nesta segunda-feira (3) o adversário do presidente Donald Trump nas eleições de novembro de 2020.

Leia também: Guarda de parque morre após ser agredido por pedir para grupo parar de fumar

O caucus de Iowa abre oficialmente o calendário das primárias para a Casa Branca , que percorrerão todos os estados americanos para definir o candidato democrata à Presidência. A indicação será oficializada na convenção do partido, que acontece de 13 a 16 de julho, em Milwaukee.

Embora pequeno, Iowa, estado de 3 milhões de habitantes situado no Meio-Oeste dos EUA , pode ser determinante para algumas candidaturas, que podem ganhar força com uma vitória logo na estreia ou perder combustível no caso de uma derrota.

Em 2008, Barack Obama mostrou que poderia superar a favorita Hillary Clinton nas primárias ao conquistar Iowa. Já em 2016, Trump deixou claro que deveria ser levado a sério ao ficar em segundo lugar no estado e vencer em New Hampshire, uma semana depois.

O caucus, uma espécie de assembleia popular na qual a votação é feita de forma aberta, acontece em meio à reta final do processo de impeachment contra Trump , que é acusado de abuso de poder e obstrução do Congresso no "caso Ucrânia".

Leia também: São Paulo tem 33 ruas que homenageiam personagens e datas da ditadura

Dos 11 candidatos democratas que sobreviveram até o início das prévias, quatro são senadores e chegarão em Iowa após a audiência de impeachment, por volta de 19h (horário local). Entre eles está o socialista Bernie Sanders , que desponta como favorito para vencer o caucus.

Uma média das pesquisas de intenção de voto no estado calculada pelo site Real Clear Politics coloca o senador com 24,2% da preferência, quatro pontos a mais que o ex-vice-presidente moderado Joe Biden , ainda o favorito em âmbito nacional.

Já o prefeito de South Bend, Pete Buttigieg, e a senadora Elizabeth Warren aparecem com 16,4% e 15,6%, respectivamente. Sanders realizou nas últimas semanas os comícios mais concorridos de Iowa e mobilizou um exército de voluntários para garantir a vitória na primeira etapa das prévias .

Como o caucus premia os candidatos que conseguem aproveitar melhor sua militância, o senador socialista pode ganhar impulso para as disputas em New Hampshire (11/2), Nevada (22/2) e Carolina do Sul (29/2), as outras três votações que antecedem a "Super Terça", em 3 de março, quando 14 estados vão às urnas.

Leia também: Jovem morre afogada em cachoeira após tirar selfie com amiga

De acordo com as pesquisas, Sanders lidera com folga em New Hampshire, mas está bastante atrás de Biden em Nevada e Carolina do Sul. O Partido Republicano também realiza seu caucus em Iowa nesta segunda, já que dois candidatos (Joe Walsh e Bill Weld) desafiaram Trump, mas a indicação do presidente à reeleição é mera questão de formalidade. 

    Veja Também

      Mostrar mais