Bill Clinton, ex-presidente dos Estados Unidos
Gage Skidmore/Creative Commons
Bill Clinton, ex-presidente dos Estados Unidos

Um dos integrantes da equipe de defesa do presidente dos Estados Unidos , Donald Trump , contra as acusações de impeachment será o advogado Kenneth Starr, que foi o responsável pelas acusações contra o ex-presidente Bill Clinton por relações sexuais com a ex-estagiária da Casa Branca Monica Lewinsky . O caso ocorreu em 1988 e resultou em outro processo de impeachment contra Clinton na Câmara dos Representantes.

Segundo informações da imprensa americana, os advogados Alan Dershowitz e Robert Ray, que sucedeu Starr como promotor independente e redigiu o relatório final sobre Clinton, também vão integrar a defesa de Trump.

Leia também: Senado dos EUA recebe impeachment de Trump: entenda como ocorre o processo

No Twitter, Lewinsky fez um comentário sobre a escolha de Starr para fazer a defesa de Trump. "Este é definitivamente um 'você está brincando comigo?' tipo de dia", escreveu.

Trump é o terceiro presidente da história dos Estados Unidos a sofrer impeachment na Câmara e o primeiro a passar pelo processo enquanto luta pela reeleição ao cargo. Além dele, Andrew Johnson e Bill Clinton tiveram processos de impeachment aprovados pela Câmara, mas ambos foram absolvidos pelo Senado e não perderam o cargo.

Leia também: EUA admitem que 11 militares americanos ficaram feridos em ataques do Irã

Ele é acusado de abuso de poder e obstrução do Congresso no caso de ele ter pedido à Ucrânia que investigasse Joe Biden, potencial rival dele na disputa pela presidência.

    Leia tudo sobre: Impeachment

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários