Ministro criticou postura dos países europeus após acionamento de mecanismo de solução de disputas
Reprodução
Ministro criticou postura dos países europeus após acionamento de mecanismo de solução de disputas

Nesta quinta-feira (16), o ministro de Relações Exteriores do Irã, Javad Zarif, criticou a postura tomada por Reino Unido, França e Alemanha ao  acionar um mecanismo de solução de disputas após violações do acordo nuclear por parte dos iranianos. Segundo ele, os europeus "sucumbiram ao bullying" feito por Donald Trump.

Leia também: Presidente do Irã rejeita novo acordo nuclear e diz que Trump "quebra promessas"

"Os europeus venderam os restos do Plano de Ação Conjunto Global (JCPOA na sigla em inglês) para evitar novas tarifas de Trump . Isso não vai funcionar, meu caros, só aumentará o apetite dele. Lembram dos bullies da época do colégio?", disparou Zarif em uma postagem nas redes sociais.

"Se vocês quiserem vender suas integridades, podem ficar à vontade. Porém, não assumam que nós vamos fazer o mesmo ou que vocês são superiores por causa disso, pois não são", finalizou o ministro.

O texto foi compartilhado junto de uma nota do jornal The Washington Post que informava que, dias antes do alerta feito pelos europeus sobre as violações do acordo, Trump teria secretamente ameaçado impôr novas tarifas, de até 25%, nos carros europeus caso eles não tomassem tal atitude.

Leia também: Câmara dos EUA aprova envio de acusações contra Trump ao Senado

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários