Tamanho do texto

Presidente venezuelano fez ameaça aos dois países caso haja uma agressão militar. Recado foi dado na Assembleia Nacional Constituinte

Nicolás Maduro, presidente da Venezuela arrow-options
Reprodução/Twitter/NicolasMaduro
Nicolás Maduro, presidente da Venezuela

O presidente venezuelano, Nicolás Maduro , disse nesta terça-feira (14) que pode "arrebentar os dentes" de Brasil e Colômbia caso os dois países cometam alguma agressão militar contra a Venezuela . O recado foi dado por Maduro durante um discurso na Assembleia Nacional Constituinte , que é controlada por chavistas.

"Elevamos a capacidade de defesa da pátria. Conheço os planos imperiais, conheço em detalhes os planos da oligarquia colombiana e de Jair Bolsonaro ", disse o presidente. "Se eles se atreverem, vamos arrebentar seus dentes para que aprendam a respeitar a Força Armada Nacional Bolivariana e o povo de (Simón) Bolívar", completou.

Leia também: EUA anunciam novas sanções contra políticos da Venezuela

As tensões entre Maduro e Bolsonaro cresceram nas últimas semanas, quando um grupo de cinco militares que a Venezuela acusa de ser responsável por um ataque a um quartel do país iniciaram os trâmites para serem recebidos como refugiados em Roraima.

Além disso, Bolsonaro reconhece o líder opositor Juan Guaidó como o presidente da Venezuela, o que deixa a situação ainda mais delicada.