Procurador-geral dos Estados Unidos anunciou deportações durante entrevista coletiva
The United States Department of Justice
Procurador-geral dos Estados Unidos anunciou deportações durante entrevista coletiva

O Departamento de Justiça dos Estados Unidos afirmou nesta segunda-feira (13) que vai deportar 21 militares da Arábia Saudita suspeitos de envolvimento em um ataque terrorista em uma base naval na Flórida . Os cadetes participavam de um treinamento no país.

"Os 21 militares vão receber baixa do seu plano de estudos na academia militar americana e voltarão à Arábia Saudita", disse o procurador-geral dos Estados Unidos, William Barr. De acordo com o procurador, os cadetes embarcam de volta ao reino ainda nesta segunda-feira.

Leia também: Procurador dos EUA diz que ação contra Soleimani foi legítima

Em entrevista coletiva, Barr ainda disse que não há imagens do responsável em ação durante o atentado.

No último 6 de dezembro, Mohammed al-Shamrani matou três pessoas e feriu outras oito na base naval e aérea de Pensacola, ao norte da Flórida, antes de ser morto. Segundo Barr, al-Shamrani, de 21 anos, estava "motivado por ideias extremistas".

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários