Caso ocorreu em Portugal
Ricardo Mussa / SEF
Caso ocorreu em Portugal

O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras de Portugal (SEF) anunciou nesta sexta-feira que deteve na Grande Lisboa três pastores de uma organização religiosa evangélica suspeitos de auxílio à imigração ilegal e tráfico de pessoas. As informações são do jornal O Dia.

Em comunicado, o SEF diz que a detenção dos pastores ocorreu na quinta-feira. Além dos três mandados de prisão, foram cumpridos cinco mandados de busca e apreensão na região.

Segundo o órgão, nos locais das buscas foram encontrados cerca de trinta estrangeiros, oriundos da América do Sul, alojados em diferentes locais de culto "em condições muito precárias".

Leia também: Criança de 12 anos abre fogo em escola no México, mata professora e se suicida

Segundo o SEF, as pessoas eram angariados pela organização religiosa, que não teve o nome divulgado, no país de origem e encontravam-se na sua maioria em situação irregular em Portugal. Elas exerciam trabalhos subordinados irregulares.

Além das más condições de trabalho, alojamento e salubridade em que foram encontrados, os cidadãos estrangeiros, entre os quais crianças, eram sujeitos ao pagamento de quantias de dinheiro para a organização religiosa.

Os detidos serão interrogados em tribunal.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários