Tamanho do texto

Uma das freiras só descobriu gravidez após ir ao hospital com dores abdominais. Agora, as mulheres alegam enfrentar pressão da igreja para sair

mulher segurando crucifixo arrow-options
AFP/Getty Images
Mulheres engravidaram durante missão

A igreja católica abriu uma investigação após duas freiras da Sicília descobrirem que estavam grávidas ao voltar de uma missão na África. Segundo o jornal britânico Daily Mail , uma delas é Madre Superior e a outra descobriu a gravidez quando foi ao hospital com dores abdominais.

De acordo com o tablóide britânico The Sun, uma das mulheres era originalmente de Madagascar e visitou o país durante a missão. "Aparentemente, as duas estavam de volta para casa e tiveram encontros sexuais", disse. 

Leia também: Polícia prende homem que asfixiou, estuprou e matou freira de 61 anos

Segundo a fonte, que não teve identidade revelada, as freiras foram enviadas para Palermo, onde devem dar à luz as crianças. As duas também enfrentam pressão da igreja para abandonar a vida religiosa no que foi considerado um “escândalo” sem precedentes.


    Leia tudo sobre: gravidez