Tempestade é a maior registrada no Japão nos últimos 60 anos
Reprodução/Twitter
Tempestade é a maior registrada no Japão nos últimos 60 anos

O governo japonês informa que os danos causados pelo Tufão Hagibis às indústrias agropecuária, silvícola e pesqueira ultrapassaram o valor aproximado de R$ 3,3 bilhões (US$ 810 milhões).

Leia também: Cena de horror! Caminhão é encontrado com 39 pessoas mortas no Reino Unido

Segundo autoridades do Ministério da Agricultura, Silvicultura e Pesca do Japão , esse total cobre os prejuízos financeiros declarados em 37 províncias até a manhã desta quarta-feira (23).

Danos a instalações agropecuárias, como reservatórios e sistemas de irrigação chegam a cerca de US$ 320 milhões. Esses prejuízos foram declarados em mais de 6 mil locais.

O valor referente a plantações de arroz, maçãs e outros produtos agrícolas atinge cerca de US$ 75 milhões.

Você viu?

Estradas florestais, madeireiras e outras instalações silvícolas tiveram estragos de cerca de US$ 195 milhões.

Danos a portos e outras instalações da indústria pesqueira ficaram em cerca de US$ 80 milhões.

Leia também: Agressões, tortura e violência psicológica dão o tom na Fundação Casa

Acredita-se que o valor total dos danos aumente, já que ainda não foram coletados todos os dados relevantes, principalmente aqueles referentes a áreas fortemente afetadas pelo transbordamento de rios.

As autoridades do ministério planejam medidas de apoio a agricultores e outras pessoas afetadas pelo tufão.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários