Tempestade é a maior registrada no Japão nos últimos 60 anos
Reprodução/Twitter
Tempestade é a maior registrada no Japão nos últimos 60 anos

A passagem do tufão Hagibis no Japão já provocou pelo menos duas mortes e deixou outras três pessoas desaparecidas, no Japão central. De acordo com a Agência Meteorológica Nacional , a tempestade é a maior que já passou pelo país nos últimos 60 anos.

As vítimas são um homem que estava em um carro atingido pelas ventanias em Ichihara , na província de Chiba , e um indivíduo morto por um deslizamento em Tomioka , na província de Gunma , ambas perto da capital Tóquio .

As autoridades já emitiram alertas de evacuação para cerca de 7 milhões de pessoas devido ao risco de inundações e desmoronamentos.

Leia também: Funcionários de zoológico encontram 330 moedas dentro de estômago de jacaré

O fenômeno tem ventos de até 144 quilômetros por hora e viaja no sentido norte com velocidade de 40 quilômetros por hora. Além disso, a região ainda registrou um terremoto de magnitude 5.7 na escala Richter, mas que não causou danos.

Você viu?

O tufão provocou o adiamento do treino classificatório para o Grande Prêmio do Japão de Fórmula 1, que foi remarcado para este domingo (13), poucas horas antes da corrida, em Suzuka, 400 quilômetros a oeste de Tóquio.

Leia também: Governo do Japão anuncia que vai despejar água radioativa no oceano Pacífico

Nas redes sociais, usuários subiram a hashtag #PrayForJapan (Ore pelo Japão, em tradução para o português) e estão publicando fotos e vídeos das cenas de destruição causadas pelo fenômeno. Confira nos vídeos abaixo.


Nas imagens, é possível ver regiões alagadas, ventos fortes, carros e caminhões sendo arrastados e prédios sendo destelhados.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários