Tamanho do texto

Três balas de chumbo foram localizadas no peito da cacatua, em Sydney. Outros dois, de uma espingarda, estavam alojados no ombro e na cabeça

cacatua arrow-options
Reprodução
O motivo do ataque ao animal, batizado como Cocky, ainda não foi identificado.

Após ser atingida por cinco tiros disparados por duas espingardas de ar comprimido, uma cacatua sobreviveu na cidade de Camden, nas proximidades de Sydney, na Austrália. 

Três balas de chumbo foram descobertas alojadas no peito da ave. Outros dois, de uma espingarda, estavam alojados no ombro e na cabeça. O veterinário Lorenzo Costa foi o responsável pelos cuidados do animal.

Leia mais: Menino de quatro anos fica pendurado em prédio na China

O motivo do ataque ainda é desconhecido, mas a suspeita é que a cacatua tenha sido vítima de agressão contra alguém incomodado pelos sons emitidos por ela. Batizada na clínica como Coky, ela foi considerada como barulhenta pelos seus cuidadores.

A bala do ombro não será removida até que Cocky se recupere da retirada das outras balas, de acordo com informações do jornal Extra.