Aída Merlano
Reprodução
Aída Merlano

A ex-senadora colombiana Aída Merlano fugiu da prisão nesta terça-feira (1) utilizando uma moto do aplicativo de entregas Rappi, na cidade de Bogotá. A parlamentar estava presa desde 2018 e foi acusada de crimes de corrupção e porte ilegal de armas.

Leia também: Momento de fúria! Homem destrói carro de luxo do chefe com escavadeira; assista

Merlano estava em uma consulta odontológica no norte de Bogotá e utilizou uma corda para sair pela janela. Acredita-se que funcionários do centro médico teriam sido cúmplices da fuga. Ao sair, uma moto da Rappi esperava pela ex-senadora na frente do local. 

De acordo com o jornal El Tiempo , o Instituto Nacional Penitenciário e Prisional (Inpec) da Colômbia solicitou a ajuda da polícia para procurar Merlano, que continua foragida. 

A ex-senadora foi investigada por ter excedido as despesas máximas estabelecidas por lei para o financiamento de campanhas eleitorais. Além disso, foi condenada a 15 anos de prisão por corrupção e porte ilegal de armas. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários