Donald Trump e o presidente da Coreia do Norte, Kim Jong-un
Divulgação / Shealah Craighead / Oficial White House
Donald Trump e Kim Jong-un se encontraram pela primeira vez em fevereiro deste ano

Após uma longa paralisação, a Coreia do Norte e os Estados Unidos retomarão no dia 5 de outubro as conversas sobre a desnuclearização do regime de Kim Jong-un.  O anúncio foi feito nesta terça-feira (1) pela vice-ministra das Relações Exteriores do país asiático, Choe Son-hui, em uma nota divulgada pela KCNA , a agência de notícias oficial do governo.

Leia também: Documento que pede fim de armas nucleares será levado às Nações Unidas

"Haverá um contato preliminar em 4 de outubro e um encontro operacional em 5 de outubro. Espero que as negociações operacionais possam acelerar o desenvolvimento positivo das relações entre Coreia do Norte e EUA", disse Choe.

A porta-voz da Presidência da Coreia do Sul, Ko Min-jung, elogiou a retomada das conversas e instou as partes a "fazerem progressos para a completa desnuclearização da Península Coreana e por uma paz duradoura".

As negociações entre Kim Jong-un e Trump estão travadas desde a fracassada cúpula de fevereiro passado, no Vietnã, quando o norte-coreano exigiu o fim das sanções internacionais para desmantelar seu principal complexo nuclear.

Leia também: Trump sugere que líder de investigação de impeachment seja preso por 'traição'

Os dois líderes chegaram a se encontrar novamente em junho, na zona desmilitarizada de Panmunjom, perto da Coreia do Norte , mas as tratativas não avançaram.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários