menino detido
The Sun/Reprodução
O estagiário de encanador Daniel Gorgan foi acusado de ter mobilizado parentes e amigos para assassinar namorado da sua ex.

O encanador estagiário Daniel Grogan, de 20 anos, ficou com ciúmes  quando descobriu que sua ex namorada, Gemma Hodder, de 18 anos, estava em uma nova relação com Jay Sewell. 

O Tribunal Central Criminal da Inglaterra descobriu centenas de mensagens de texto e mensagens de WhatsApp em que Daniel ameaçava matar Jay , estuprar sua mãe e bombardear sua casa.

Leia mais: Primos separados pelo holocausto se reencontram após 75 anos

Grogan também esteve na casa da estagiária de contabilidade, Gemma, armado com uma faca de cozinha. No local, Daniel jogou a ex-namorada no chão . A adolescente conseguiu escapar e se trancar em seu carro, quando os vizinhos interferiram.

O promotor Timothy Cray informou que Grogan contou histórias para que sua família e amigos se voltassem contra Jay e o apoiassem em uma emboscada.

Armado com um taco de beisebol e na companhia dos parentes e amigos, todos seguiram com facas, um machado de bombeiro de um metro e meio, martelos e paus de madeira ao encontro de Jay. 

Leia também: Creche expulsa bebê que "assustava outras crianças" por causa da aparência

Imagens de circuito interno mostradas durante o tribunal de julgamento do grupo provam que o carro de Jay chegou a ser atingido pelo grupo de Daniel. Um amigo de Jay, Charlie Pamphlett, foi perseguido e esfaqueado nas costas. Pamphlett conseguiu sobreviver ao golpe.

Na perseguição, Jay foi esfaqueado fatalmetne pela janela do caro pelo amigo de Grogan, Charlie Dudley, segundo informações do júri apuradas pelo The Sun. 

Dudley morava a poucas casas de Grogan e não confessou sua participação no crime. O júri, no entanto, acusou Dudley por homicídio culposo, alegando que o ferimento foi realizado com intenção. Já Grogan foi considerado o mentor do assassinato. 

O pai de Daniel, Robert, de 54 anos, foi acusado de homicídio culposo e desordem violenta, assim como sua mãe, Ann, de 54 anos. Segundo o The  Sun, ao ouvir a sentença, os pais de Daniel não acreditaram na pena que receberam.

A irmã de 29 anos também foi condenada por desordem violenta e absolvida das demais acusações. Um garoto de 17 anos e Jamie Bennett, de 31, tiveram o mesmo tipo de sanção da irmã de Daniel. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários