Tamanho do texto

Imagem de 2001 mostra Justin Trudeau com o chamado "blackface" em uma festa quando era professor; primeiro-ministro pediu desculpas pelo ato

Justin Trudeau em imagem racista arrow-options
Reprodução/Anuário West Point Grey Academy
Foto de 2001 conseguida pela revista Time mostra Trudeau fazendo blackface em uma festa de tema árabe

A poucas semanas das eleições gerais no Canadá, o primeiro-ministro Justin Trudeau está no centro de uma polêmica envolvendo um caso de racismo. Foi publicada nesta quarta-feira (18) uma foto de 2001 na qual o premier aparece com o rosto pintado de marrom durante uma festa com tema árabe, adotando a prática chamada de blackface.

Leia também: Porta-voz garante '100%' que Bolsonaro vai à Assembleia Geral da ONU

O blackface é considerado um gesto  racista porque remete a um costume teatral do século XIX, quando atores brancos pintavam o rosto com carvão para representar personagens negros de maneira caricata.

A foto de Trudeau foi obtida e publicada pela revista Time  . O registro está no anuário da escola particular West Point Grey, onde o premier, então com 29 anos, trabalhava como professor. Na imagem, Trudeau aparece de turbante branco, e o rosto, mãos e pescoço pintados.

Ainda nesta quarta, o primeiro-ministro se desculpou pelo blackface . "Estou chateado comigo mesmo, estou decepcionado comigo mesmo", disse Trudeau, comentando a foto. "Eu deveria ter tido mais noção, mas não tive, e sinto muito por isso", lamentou.

"Vou pedir aos canadenses que me perdoem pelo que fiz. Eu não deveria ter feito isso. Eu assumo a responsabilidade por isso. Foi uma coisa idiota de se fazer", completou o premier.

Leia também: Número de migrantes no mundo cresce 23% em uma década

O gesto racista aumenta a incerteza para a reeleição de Justin Trudeau. Antes conhecido por sua imagem simpática e progressista , o primeiro-ministro já vem enfrentando uma queda de popularidade desde o começo do ano, quando viu seu nmoe ligado a um esquema de corrupção.