IstoÉ

Caso foi rejeitado pela Suprema Corte da Austrália.
Reprodução/9News
Caso foi rejeitado pela Suprema Corte da Austrália.

Uma mulher vegana processou seus vizinhos na Suprema Corte da Austrália depois de reclamar do cheiro dos churrascos feitos. Cilla Carden levou o caso até a Justiça dizendo que seus vizinhos fazem churrascos com carne vermelha e branca, além de fumarem e deixarem as crianças praticarem esportes.

Leia também: Governo de Johnson perde maioria no Parlamento britânico 

“É deliberado. Eu consigo sentir o cheiro do peixe, não posso curtir o meu quintal”, afirmou a mulher ao canal 9 News.

Uma corte menor australiana julgou o caso em fevereiro. O juiz disse que os vizinhos de Carden “estavam vivendo no quintal e em casa como uma família”. A Suprema Corte rejeitou o caso em julho. “Sou uma boa pessoa, eu só quero paz e calmaria”, completou Cilla. Ela diz que vai continuar lutando por seus direitos.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários