Papa Francisco ficou 25 minutos preso em elevador no Vaticano
Reprodução/ Twitter Papa Francisco
Papa Francisco ficou 25 minutos preso em elevador no Vaticano

O Papa Francisco ficou preso em um elevador durante 25 minutos, na manhã deste domingo (1), no Vaticano, e precisou ser ajudado por uma equipe do Corpo de Bombeiros.

Leia também: Atirador mata cinco pessoas, fere 21 e é abatido no Texas, diz polícia

O fato inusitado com Papa Francisco provocou o atraso em 10 minutos da celebração do Ângelus, (saudação e prece à Virgem Maria) na Praça São Pedro, realizado pontualmente às 12h no horário local (7h no horário de Brasília).

"Eu tenho que me desculpar pelo atraso. Fiquei no elevador por 25 minutos", explicou o líder argentino sorrindo aos fiéis, ressaltando que foi socorrido por bombeiros após ocorrer uma queda de energia elétrica no Vaticano .

O Pontífice ainda pediu aos presentes uma salva de palmas para a equipe do serviço de Brigada de incêndio do Vaticano, que foi acionado imediatamente.

Você viu?

O episódio gerou inquietação nos canais de TV italianos, responsáveis pela transmissão ao vivo do pronunciamento. As emissoras noticiaram que o acontecido era quase inédito.

O incidente ocorreu no elevador privado dos Papas, enquanto Francisco subia para o terceiro andar do Palácio Apostólico , onde faz sua oração dominical em uma janela perante a multidão.

No Vaticano, o elevador é chamado de "Ascensoretto di Sisto V", porque é acessado a partir do pátio homônimo, um dos mais particulares de todo o pequeno Estado, e chega diretamente ao apartamento Papal.

Leia também: Dupla invade estação de metrô na França e ataca passageiros

Jorge Bergoglio, o Papa Francisco , decidiu não morar no local, mas ele é usado aos domingos e para outras ocasiões oficiais.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários