Tamanho do texto

"Aquele pulmão de florestas é vital para o nosso planeta", declarou

O Papa Francisco  afirmou estar "preocupado" com as queimadas na Amazônia em seu discurso neste domingo (25).

Leia também: Crise ambiental volta a unir militares com o governo Bolsonaro

Papa Francisco arrow-options
Reprodução/Twitter
Papa Francisco ressaltou que está rezando para que as queimadas na Amazônia sejam controladas o mais rápido possível

"Estamos todos preocupados com os vastos incêndios que se desenvolveram na Amazônia . Rezemos para que, com o empenho de todos, sejam domados rapidamente. Aquele pulmão de florestas é vital para o nosso planeta", disse o argentino Jorge Mario Bergoglio.

O tema foi citado durante a tradicional celebração do Ângelus, que ocorre todo domingo, na Praça São Pedro, no Vaticano.

O Papa tem a preservação do meio ambiente como um dos principais pilares do seu Pontificado. Em 2015, Francisco publicou sua encíclica "Laudato Sì", a qual aborda as mudanças climáticas e o uso de recursos naturais pelo sistema econômico mundial. Francisco convocou para outubro um sínodo no Vaticano para falar sobre a evangelização na Amazônia e as condições da floresta.

As queimadas na Amazônia estão sendo pauta em todo o mundo, principalmente no encontro do G7 , que ocorre neste final de semana, na França. Hoje, o presidente francês Emmanuel Macron afirmou que a cúpula concordou em ajudar os países afetados pelos incêndios na Amazônia  “o mais rápido possível”.

"Há uma convergência real para dizer que todos concordamos em ajudar os países afetados por esses incêndios o mais rápido possível", declarou o presidente francês, anfitrião do evento que se encerra nesta segunda-feira (26) em Biarritz, no sudoeste do país.

As queimadas na Amazônia foram tema no G7 para que se chegasse a um acordo sobre a ajuda financeira para os países sul-americanos atingidos pelos incêndios a combaterem o desmatamento e conseguirem promover o reflorestamento.