Tamanho do texto

Itamaraty diz que Mohamed Ahmed Elsayed Ahmed Ibrahim está em situação migratória regular desde 2018, quando chegou ao país

Egípcio procurado FBI arrow-options
Reprodução/FBI
Mohamed Ahmed Elsayed Ahmed Ibrahim é acusado de oferecer apoio ao grupo terrorista

O FBI anunciou nesta segunda-feira que busca no Brasil o egípcio Mohamed Ahmed Elsayed Ahmed Ibrahim, por suposta participação na organização terrorista Al Qaeda. A agência americana disse que o egípcio de 42 anos é acusado de oferecer apoio à Al Qaeda desde 2013 e que se encontra no Brasil.

Leia também: Greenwald ataca Joice e lembra que deputada foi expulsa do jornalismo por plágio

"Ele esteve, supostamente, envolvido no planejamento de ataques contra os Estados Unidos e seus interesses, e no fornecimento de apoio material para Al Qaeda desde, aproximadamente, 2013. Ele está no Brasil", diz o comunicado do FBI .

O FBI disse que Mohmamed Ahmed “deve ser considerado armado e perigoso”.

Segundo a agência, o suspeito tem olhos negros, é magro, mede entre 1,83m e 1,88m e mantém barba aparada.

O Itamaraty  disse que Mohamed Ahmed ingressou no Brasil em 2018 e obteve  a autorização de residência, encontrando-se em condição migratória regular.

O ministério acrescentou que“o governo brasileiro está aberto a cooperar com as autoridades norte-americanas no que for solicitado, nos termos de nossa legislação, e está acompanhando o caso”.

Leia também: Dodge prorroga por um ano atuação da força-tarefa da Lava Jato em Curitiba