Tamanho do texto

Ministério da defesa do país europeu tranquilizou população, mas porta-voz da cidade atingida afirmou que registrou ponto de radiação na área

Casas foram destruídas com explosão de míssil arrow-options
Siberian Times / Reprodução
Míssil caiu em região militar na Rússia e vazou radiação em cidade europeia

Níveis de radiação foram detectados na cidade de Severodvinsk, na Rússia, nesta quinta-feira (8) após um teste de míssil dar errado e causar grave explosão em uma base militar. 

Ao menos duas pessoas morreram e seis ficaram feridas na explosão . Horas após o  Ministério da Defesa do país garantir que substâncias perigosas não foram liberadas na atmosfera, uma porta-voz de autoridades da cidade do norte do país disse que um "ponto de radiação a curto prazo" foi detectado no meio do dia.

Leia também: Ilhas Marshall são de dez a mil vezes mais radioativas do que Chernobyl 

Segundo o jornal russo Siberian Times , vilas ao redor da área militar foram rapidamente esvaziadas. Até mesmo um acampamento infantil de verão precisou ser evacuado às pressas. Severodvinsk é uma cidade de quase 190 mil habitantes, localizada a mais de 1,2 mil km da capital Moscou. 

"Nós estamos tentando nos manter firmes, mas ainda não há informações sobre qual tipo de ajuda vamos receber, já que nossa casa está queimada. A casa dos meus pais também sofreu severos danos . Eu sei que todas as casas ao redor da nossa ficaram destruídas", afirmou Maria Botnaryuk, moradora da região atingida, em entrevista.