Tamanho do texto

Além dos dois mortos, atirador e guarda da rede Walmart ficaram feridos. Motivo do ataque ainda não foi descoberto pela polícia do Mississipi

Polícia atendeu ao chamado após atirador entrar no Walmart arrow-options
CNN/REPRODUçãO
Atirador deixou pelo menos duas pessoas mortas em ataque ao Walmart, no Mississipi

Dois dias após um atirador deixar três pessoas mortas e ser morto no estado da Califórnia, um novo incidente envolvendo armas deixa dois mortos no estado do Mississipi (EUA). Investigações preliminares afirmam que um homem abriu fogo em um supermercado da rede Walmart na manhã desta terça-feira (30) na cidade de Southaven.

"Eu ouvi um monte de tiros. Pop pop pop pop.. Mais de doze tiros", afirmou Carlos Odom, que presenciou o ataque, em entrevista ao canal norte-americano CNN. O atirador teria entrado em confronto com um policial que respondeu ao chamado. Ambos ficaram feridos e foram encaminhados a diferentes hospitais

Leia também: Atirador invade festival e mata pelo menos três pessoas nos Estados Unidos

Os nomes das duas pessoas mortas ainda não foram divulgados. A motivação para o ataque ainda está sendo investigada pela polícia. Até a publicação dessa nota, nem o governador do Mississipi, Phil Bryant, nem o presidente norte-americano Donald Trump se posicionou sobre o assunto.