Tamanho do texto

Opositor russo que está preso desde a última quarta-feira precisou ser hospitalizado por uma "reação alérgica” notificada no domingo (28)

Alexei Nalvany em pronunciamento arrow-options
Creative Commons
Alexei Navalny, principal opositor russo, estava preso desde a última quarta-feira

Principal opositor do governo russo, Alexei Navalny pode ter sido alvo de uma tentativa de envenenamento , disse nesta segunda-feira (29) sua médica pessoal, Anastasia Vasilieva.

Navalny, de 43 anos, está detido. Porém, nesse domingo (28), foi transferido da prisão para o hospital devido a sinais de " reação alérgica ".

"Não podemos excluir um dano tóxico à cútis e às membranas mucosas causados por uma substância química", disse a médica, em uma postagem nas redes sociais. "Eu presumo que a causa da doença de Alexei Navalny possa ser um agente tóxico ".

Leia também: Na Rússia, protesto de oposição termina com 400 presos

Navalny foi preso na última quarta-feira (24) por envolvimento em uma manifestação ocorrida no fim de semana anterior que reuniu milhares de pessoas em Moscou para exigir eleições livres. De acordo com uma ONG local, 1,4 mil pessoas foram presas pelas autoridades russas.

Em 2017, o político opositor precisou receber um tratamento por uma queimadura no olho causada por um corante químico pulverizado em sua face.