Menino foi socorrido por bombeiros, que quebraram correntes
Krasnodar Information Center / Reprodução
Menino foi mantido acorrentado pelo pai e só saiu de cativeiro após ele ir ao hospital socorrer esposa

Um menino de dez anos que era mantido acorrentado pelo pai fugiu de casa para pedir ajuda a funcionários de uma loja de conveniência na cidade de Velikovechnoye, na Rússia. A criança, identificada apenas como Tikhon, aproveitou o momento no qual o pai correu para o hospital com a madrasta em trabalho de parto e se libertou do cativeiro com uma barra de madeira.

Mesmo com pedidos insistentes do menino para que os funcionários não chamassem a polícia, a equipe acionou os oficiais e os bombeiros . Ele ajudaram a tirar as correntes do pescoço da criança. Em conversa com os policiais , Tikhon contou que era mantido amarrado no porão com frequência. 

Leia também: Menino de seis anos é apreendido por roubar carro e armas

“Eu estou extremamente preocupada com o destino dele. Eu quero que ele fique comigo, e não com o pai tirano", afirmou a mãe do menino, identificada apenas como Viktoria, em entrevista reproduzida pelo portal britânico Metro. Ela afirmou ter medo de que ele volte a morar com o pai.

Tikhon passou por exames e foi enviado ao conselho tutelar. Em resposta aos policiais, o pai da criança, que é empresário, disse que ele se prendeu nas correntes deliberadamente. 


    Veja Também

      Mostrar mais