Tamanho do texto

O líder supremo do Irã, Ali Khamenei, afirmou que há uma necessidade de enfrentar o traiçoeiro "Acordo do Século", promovido pelos Estados Unidos

Agência Brasil

Ali Khamenei arrow-options
Divulgação
Líder supremo, aiatolá Ali Khamenei diz que Irã não vai abandonar programa de mísseis balísticos

Um assessor do líder supremo do Irã Ali Khamenei disse nesta terça-feira (23) que o plano de paz dos EUA para a questão palestina está "condenado ao fracasso", informou a agência de notícias oficial Irna . Ali Akbar Velayati fez a observação em seu encontro com Saleh al-Arouri, visitando o vice-chefe de Hamas.

Leia também: Vítimas de 'ataques sônicos' em Cuba apresentam alterações no cérebro

A visita ao Teerã ocorre em um momento importante em que o "Acordo do Século", sobre o plano de paz , dos EUA foi aberto para discussões, "mas está condenado ao fracasso", disse Velayati.

"A relação entre a República Islâmica do Irã e o povo palestino está enraizada e se fortalece a cada dia", acrescentou Velayati. Na segunda-feira, o líder supremo iraniano, o aiatolá Ali Khamenei , disse que há uma necessidade de enfrentar o traiçoeiro "Acordo do Século" dos EUA.

Leia também: China ameaça reunificar Taiwan à força

"O objetivo dessa perigosa conspiração é eliminar a identidade palestina entre o povo e a juventude", disse Khamenei sobre o plano de paz .