Tamanho do texto

Segundo a vítima, insultos continuaram por cerca de dez minutos, em um vagão lotado, e 'ninguém moveu um dedo'

 Um casal de mulheres foi vítima de homofobia após se beijar no metrô de Barcelona , na região da Catalunha, na Espanha, na última quarta-feira. A artista visual Carla Gallén filmou as ofensas que sofreu com sua parceira, após uma mulher que também estava no vagão começar a insultá-las por terem se beijado.

Leia também: Polícia prende cinco adolescentes suspeitos de agredir casal lésbico em Londres

casal de mulheres
Reprodução/Twitter
Mulher insultou casal de mulheres no metrô de Barcelona


"Quarta-feira à tarde, eu e minha parceira sofremos uma agressão lesbofóbica na Linha 2 do metrô . Uma mulher nos insultou e nos agrediu por termos nos beijado", escreveu ela, no Twitter. A publicação rapidamente viralizou e teve mais de mil compartilhamentos.

Leia também: Casal lésbico é agredido por quatro homens após recusar se beijar


Carla escreveu ainda que os insultos continuaram por cerca de dez minutos, em um vagão lotado, e "ninguém moveu um dedo". Ela questionou a atitude das pessoas presentes no local: "É muito fácil posar com um adesivo no dia do orgulho LGBT, mas as pessoas seguem sofrendo violência diária por causa da conivência com esse tipo de agressão", afirmou.

Leia também: Garoto acerta pai com capacete para defender mãe de agressão no Mato Grosso

O caso foi denunciado para a Polícia da Catalunha e para o Observatório Contra a Homofobia, e a artista ressaltou a importância desse tipo de denúncia: "Infelizmente, vivemos em uma sociedade que ainda nos diz que a violência verbal e a agressão física (leve) não são razões suficientes para denúncia. Esta é a base estrutural da violência, que normaliza as agressões "menores" para naturalizar a homofobia", concluiu.