Tamanho do texto

"Vivi um milagre", disse Thiago Takeuti; ele estava com um amigo italiano, que morreu nas explosões; eles faziam uma explosão pelo vulcão Stromboli

Vulcão Stromboli em erupção
Reprodução/EuroNews
Vulcão Stromboli entrou em erupção nesta quarta-feira (3)

Thiago Takeuti, de 35 anos, fazia uma excursão pelo vulcão Stromboli, na Itália, por volta das 16h locais, quando duas explosões ocorreram, deixando-o ferido. Ele estava acompanhado do amigo italiano, Massimo Imbesi, também de 35 anos, que morreu no local, segundo informações confirmadas pelas autoridades italianas. 

Leia também: Irmãos relatam apuros e emoções das primeiras 24h à deriva na Polinésia Francesa

"Vivi um milagre. Estou me perguntando por que sobrevivi", disse Takeuti.  "Ouvimos uma forte explosão e começamos a correr", relatou, explicando que estavam na subida do vulcão . "[As explosões], em um primeiro momento, pareciam um belo espetáculo, mas, depois, começaram a cair muitas pedras. Respiramos toda aquela fumaça e Massimo começou a se sentir mal", detalhou. "Depois da erupção, tentamos nos proteger em uma zona onde o fogo e a lava já tinham acabado. Mas, correndo entre as pedras, caímos. [Massimo] começou a respirar cada vez mais pesado".

"Tentei reanimá-lo com massagem cardíaca e respiração boca a boca, mas não tinha mais nada para fazer", disse o brasileiro. Massimo Imbesi foi encontrado com um hematoma no tórax, mas as causas da morte ainda serão investigadas.

Já o brasileiro foi localizado em estado de choque e desidratado. Outras duas pessoas também ficaram feridas nas explosões do Stromboli , um dos vulcões mais ativos da Itália. 

Leia também: Pai flagra tubarão através de drone e consegue alertar filhos a correrem

Serviços de resgate disseram que a erupção desencadeou incêndios do lado ocidental da pequena ilha do Mediterrâneo, situada ao norte da Sicília. Bombeiros de localidades próximas foram convocados, e um avião entrou em ação. O popular destino turístico ficou envolto em fumaça e cinzas do vulcão , disse o Instituto Nacional de Geofísica e Vulcanologia (INGV).