Tamanho do texto

Ilusionista entrou na água com o corpo acorrentado e pretendia recriar truque de Harry Houdini; autoridades realizam buscas por Chanchal Lahiri

ilusionista
Reprodução/Youtube
Indiano queria repetir o feito do ilusionista Houdini

Um ilusionista indiano desapareceu no rio Hooghly, no estado de Bengal do Oeste, após pular na água acorrentado, nesse domingo (16), segundo a polícia local. Chanchal Lahiri tinha a intenção de repetir o famoso truque do húngaro Harry Houdini, que se jogou amarrado, dentro de um caixão, em um rio e conseguiu se soltar 57 segundos depois.

Leia também: Órgãos de presos executados são usados em transplantes na China, diz tribunal

Segundo a imprensa local, dezenas pessoas se reuniram em torno do rio para ver o ilusionista ser amarrado nas mãos e nos pés com cordas e no corpo com um corrente e ser jogado no rio com a ajuda de um barco. O esperado era que Lahiri, também conhecido como Jadugar Mandrake, conseguisse se libertar e nadasse até a margem.

Porém, o mágico não emergiu e uma operação de busca no rio foi iniciada no mesmo dia. Na noite de ontem, mergulhadores vasculharam a área, mas o indiano não foi encontrado.

Leia também: Ex-presidente do Egito Mohamed Mursi morre em tribunal

Essa não foi a primeira vez que Lahiri realizou um truque arriscado. Há mais de 20 anos, o ilusionista entrou em um rio dentro de uma caixa de vidro, mas, na ocasião, conseguiu escapar.