Tamanho do texto

Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados apelou aos países para que não deportem ou forcem os venezuelanos a voltar para casa

Venezuelano refugiado do seu país procura emprego no Brasil
Agência Brasil
Venezuelanos refugiados do seu país procuram emprego no Brasil

Os venezuelanos que fogem do agravamento da crise no país merecem proteção como refugiados, afirmou a agência de refugiados da Organização das Nações Unidas (ONU) nesta terça-feira (21).

Leia também: Maduro propõe antecipar eleição para Congresso liderado pela oposição

O Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (Acnur) apelou aos países para que não deportem ou forcem os venezuelanos a voltar para casa.

Cerca de 3,7 milhões de pessoas deixaram a Venezuela, a maioria desde 2015, de acordo com a agência.

Leia também: Blindado da Guarda Nacional atropela manifestantes na Venezuela

"É extremamente importante que, diante da situação na Venezuela , não haja deportações, expulsões ou retornos forçados", disse a porta-voz do Acnur, Liz Throssell, em entrevista.