Tamanho do texto

41 pessoas morreram e várias ficaram feridas após incêndio atingir aeronave no aeroporto Sheremetyevo; ainda não se sabe o que motivou o acidente

Avião pegando fogo
Reprodução
Serviços de emergência tentam conter o fogo que atingiu avião com 78 pessoas em Moscou

Um avião com 78 passageiros da companhia russa Aeroflot pegou fogo durante um pouso de emergência no aeroporto de Sheremetyevo, nos arredores de Moscou, neste domingo (5).  Ao todo, 41 pessoas morreram , segundo a agência de notícias estatal Tass . Outros seis indivíduos ficaram feridos. Até o momento, no entanto, o Comitê Investigativo da Rússia confirma apenas uma vítima oficialmente.

A morte foi confirmada pelo Ministério para Situações de Emergência da Rússia. Imagens feitas de dentro do aeroporto mostram que as chamas provavelmente começaram no motor esquerdo, mas logo se alastraram por todo o avião .

Assista ao momento em que o avião pousa

Os serviços de emergência chegaram logo após o início do incêndio e conseguiram controlar o fogo. O avião voava entre Moscou e Murmansk, mas teve de retornar à capital por causa de uma emergência.

Assista ao momento em que serviços de emergência tentam conter o fogo

Leia também: Ataques na Faixa de Gaza deixam dois integrantes do Hamas mortos

Ainda não se sabe o que teria causado o incidente, mas os promotores já iniciaram uma investigação sobre as causas do incêndio . "Será verificado se houve conformidade com a legislação de segurança de voo", afirmou a representante da procuradoria de transportes inter-regional de Moscou.

Por conta do fogo no avião , o aeroporto de Sheremetyevo ficou temporariamente fechado para pousos. Após o controle do incêndio, uma das pistas foi reaberta.