Chuva destrói casas África do Sul
Reprodução/Twitter
Fortes chuvas deixaram rastro de destruição na África do Sul

As chuvas que castigam a África do Sul desde a última segunda-feira chegaram a níveis alarmantes nesta quarta. Até o momento, as autoridades já contabilizam 51 mortes e um rastro de destruição, principalmente na região leste do país.

Segundo informações da CNN, agentes de resgate vasculham as áreas mais atingidas pela água e pela lama, que já causaram diversos deslizamentos e obrigaram a retirada de centenas de pessoas da região. Durban, uma das principais cidades portuárias da África do Sul, foi uma das mais afetadas.

Leia também: Sobe para 359 o número de mortos após série de ataques no Sri Lanka

Há relatos de quedas de prédios, pontes e casas. Para piorar, o serviço de meteorologia sul-africano informou que existe a possibilidade de novas chuvas no país para os próximos dias. 

O presidente Cyril Ramaphosa visitou algumas das comunidades afetadas e lamentou toda a destruição. Além disso, ressaltou que as autoridades estão se mobilizando para conseguir comida e locais para abrigar todas as pessoas que tiveram que deixar suas casas.

"Nossos corações e nossas preces estão com todos aqueles que foram atingidos por esta tragédia, principalmente os que perderam seus entes queridos. O momento pede que nos unamos como um só país para que possamos oferecer ajuda a quem precisa", lamentou Ramaphosa  em comunicado.

Leia também: Funcionários de obra violaram proibição de não fumar na catedral de Notre-Dame

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários