Atentados em igrejas e hotéis deixaram pelo menos 290 mortos durante o fim de semana de Páscoa
Reprodução/EuroNews
Atentados em igrejas e hotéis deixaram pelo menos 290 mortos durante o fim de semana de Páscoa

Uma nova explosão foi registrada na manhã desta segunda-feira (22) em uma van estacionada próxima a uma igreja de Colombo, na capital do Sri Lanka, informaram as autoridades locais. De acordo com as primeiras informações, a polícia estava tentando desativar uma bomba, colocada dentro de um furgão, quando o artefato acabou explodindo. Ninguém ficou ferido.

Também na manhã de hoje, as autoridades locais informaram que o número de mortos na série de  atentados coordenados que ocorreram no Sri Lanka  neste Domingo de Páscoa (21) subiu para 290 . Cerca de 500 pessoas ficaram feridas. Os ataques, cometidos em alguns casos por homens-bomba, tiveram como alvos templos católicos e hotéis de luxo.

Ao divulgar o mais recente balanço de vítimas, o porta-voz da Polícia do Sri Lanka , Ruwan Gunasekara, anunciou que 24 pessoas foram detidas por suspeita de participação nos ataques . Os detidos estão sendo interrogados pela divisão de investigação criminal da Polícia, acrescentou Gunasekara.

Leia também: Bolsonaro comenta terror no Sri Lanka: "Extremismo deixa rastros de morte e dor"

A maior parte dos mortos nos atentados é de cidadãos do Sri Lanka , mas há pelo menos 32 estrangeiros entre as vítimas, incluindo cidadãos da Bélgica, dos Estados Unidos, da China, do Reino Unido, da Índia e de Portugal.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários