Tamanho do texto

Ponto turístico histórico de Paris pegou fogo na tarde desta segunda-feira (15) e motivo ainda está sendo investigado; catedral estava em restauração

Incêndio na Catedral de Notre-Dame
Reprodução
Incêndio atingiu a catedral de Notre-Dame, na França


O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, pediu que as autoridades francesas "ajam com rapidez" para conter o incêndio que atingiu a Catedral de Notre-Dame, em Paris, capital da França. O local é um dos principais pontos turísiticos da Europa e recebe milhares de pessoas por dia.

Leia também: Incêndio de grandes proporções atinge a Catedral de Notre-Dame, na França

"Que horrível assistir ao incêndio massivo na Catedral de Notre-Dame , em Paris. Talvez aviões com tanques de água podem ser usados para apagar o fogo. Deve-se agir rapidamente", escreveu o republicano no Twitter.

A prefeita da cidade, Anne Hidalgo, usou sua conta pessoal no Twitter para lamentar o “terrível” acidente em curso e exaltar o trabalho dos bombeiros que estão no local tentando combater as chamas. “Estamos mobilizados no local em estreita ligação com a Diocese de Paris . Peço a todos respeito ao perímetro de segurança”, destacou a prefeita.

Leia também: Incêndio que destruiu Museu Nacional começou no ar condicionado, diz laudo da PF

Uma das mais importantes e famosas de Paris, a Catedral de Notre-Dame , dedicada a Santa Maria, mãe de Jesus Cristo, foi construída entre 1160 e 1345, em estilo gótico. Ao longo dos anos, a catedral foi palco de cerimônias celtas e romanas, além de ter inspirado o romance conhecido como O Corcunda de Notre-Dame, do escritor francês Victor Hugo, publicado em 1831.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.