Tamanho do texto

Fundador do Wikileaks esteve por trás de um dos maiores vazamentos de documentos secretos da história dos Estados Unidos; entenda a sua prisão

 Julian Assange
Reprodução/Flickr
O fundador do WikiLeaks, Julian Assange estava na embaixada há 7 anos, em asilo do Equador

O fundador do Wikileaks, Julian Assange, que estava abrigado na embaixada equatoriana desde 2012 para evitar extradição, foi detido pela polícia na manhã desta quinta-feira (11). Sua prisão aconteceu após a polícia britânica ter sua entrada permitida na embaixada equatoriana onde ele se refugiava há quase sete anos.

Leia também: Fundador do Wikileaks, Julian Assange ganha cidadania do Equador

O Serviço da Polícia Metropolitana confirmou a prisão de Assange , de 47 anos, na manhã de hoje. As autoridades afirmaram que foram convidadas pelo próprio embaixador a entrar na embaixada após a remoção do asilo concedido pelo país sul-americano ao jornalista. 

A presidência do Equador confirmou a remoção do asilo, citando violações de convenções internacionais. O presidente Lenin Moreno anunciou o que chamou de "decisão soberana", em comunicado divulgado nesta quinta-feira.

Ele esteve por trás de um dos maiores vazamentos de documentos secretos da história dos Estados Unidos. A presidência do Equador confirmou a remoção do asilo do fundador do Wikileaks , citando violações de convenções internacionais.

Leia também: Por troca de favores, Wikileaks teve contato secreto com filho de Trump