Tamanho do texto

Imagens de satélite comercial mostram guindaste próximo a reator no país

Kim Jong un
Reprodução/Twitter
Grupo americano diz que equipamentos ligados a reator não apareciam em imagens anteriores

Um grupo de pesquisa dos Estados Unidos (EUA) que monitora a Coreia do Norte declarou ter observado nova atividade no complexo nuclear de Nyongbyon.O grupo "38 North" afirmou nessa sexta-feira (5) que imagens de satélite comercial, datadas de 22 de março, mostram um guindaste móvel próximo ao reator experimental de água leve da instalação nuclear. O equipamento não estava presente em imagens anteriores.

Leia mais: Manifestantes contra e a favor de Maduro vão às ruas da Venezuela

Segundo o grupo, não está claro qual o propósito do guindaste, mas o maquinário pode ter sido usado para transportar equipamentos ou materiais para dentro do recinto que abriga o reator na Coreia do Norte .

Leia mais: Hamas ataca Flávio Bolsonaro após provocação no Twitter

O complexo de Nyongbyon foi uma questão central nas discussões da segunda cúpula entre os Estados Unidos e a Coreia do Norte, realizada em fevereiro. Pyongyang declarou que o reator de água leve é usado para geração de energia, mas analistas indicam que ele poderia ser usado na produção de plutônio utilizável em armas nucleares.

Leia mais: Trump reforça posição contra imigração ilegal

Após o fracasso da reunião de cúpula, a Coreia do Norte restaurou as operações de uma área de lançamento de foguetes, cujas estruturas o país havia desmontado parcialmente.

*Com informações da Agência Brasil

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.