Tamanho do texto

Equipes de resgate acharam corpos entre os destroços da aeronave que caiu no mar a cerca de 8 quilômetros a leste da península de Tanjung Karawang

As equipes de resgate encontraram as primeiras vítimas fatais do avião que caiu na Indonésia no início da manhã desta segunda-feira (29). A informação foi confirmada pelo chefe das Operações de Emergência do país, Agus Hariono.

Leia também: Atirador abre fogo em sinagoga e deixa mortos nos Estados Unidos

Queda de avião da Lion Air na Indonésia
Reprodução
Queda de avião da Lion Air na Indonésia

De acordo com as primeiras informações sobre o avião que caiu na Indonésia , os corpos foram encontrados a cerca de 8 quilômetros a leste da península de Tanjung Karawang, onde a aeronave teria sumidos dos radares.

A aeronave transportava 188 pessoas entre tripulantes, pilotos e passageiros e caiu logo após a decolagem, às 6h01, no horário local, quando deixou o Aeroporto Internacional Soekarno-Hatta em Tangerang. O Boeing 737 MAX 8 ia fazer um voo de curta duração e deveria aterrisar às 7h30 em Pangkal Pinan, a maior cidade do país.

Dentro da aeronave havia 20 funcionários do Ministério das Finanças, segundo anunciou o ministro da pasta Sri Mulyani Indrawati. Os servidores retornavam aos seus postos de trabalho após passar o final de semana com familiares na capital indonésia, depois do feriado público.

Leia também: Suspeito por pacotes-bomba nos Estados Unidos é preso na Flórida

Os destroços com resíduos, coletes salva-vidas, telefone celular foram descobertos no mar a duas milhas náuticas das coordenadas dadas no local do acidente, segundo autoridades da SAR (National Search and Rescue Agency, a Agência nacional de busca e resgate). A fuselagem ainda não havia sido localizada.

O Boeing 737 começou a operar em agosto deste ano e tinha apenas 800 horas de voo. Segundo o presidente do Comitê Nacional de Segurança do Transporte do país, Soerjanto Tjahjono, a aeronave da companhia indonésia Lion Air, era "relativamente nova".

A companhia aérea informou que os pilotos tinha mais de 11 mil horas de experiência. "Não podemos pressupor nada antes de encontrar as caixas-pretas e analisar a gravação da torre de controle aéreo", afirmou.

Barcos, um helicóptero e 250 equipes de resgate, incluindo mergulhadores, estavam trabalhando no local do acidente, a cerca de 34 milhas náuticas a nordeste da costa perto de Jacarta, no Mar de Java. Os homens-rãs estão procurando na água até 35 metros (114 pés) de profundidade.

Leia também: Detentos tentam fugir durante audiência e o próprio juiz os persegue; assista

O presidente indonésio, Joko Widodo, expressou suas condolências às famílias das vítimas do avião que caiu na Indonésia em um discurso pela TV. A autoridade disse que o governo se dedica à operação de busca e resgate.