Tamanho do texto

Pesquisa pública revelou que 80% dos moradores da União Europeia gostariam que houvesse apenas um horário durante todo o ano

Projeto que será apresentado no Parlamento Europeu pode acabar com o horário de verão dos 28 países
Pietro Naj-Oleari/ European Parliament - 15.7.16
Projeto que será apresentado no Parlamento Europeu pode acabar com o horário de verão dos 28 países

O Parlamento Europeu está a um passo de manter o horário de verão durante todo o ano. De acordo com a CNN , uma pesquisa revelou que 80% da população da União Europeia não gosta das mudanças que acontecem no relógio duas vezes por ano e gostaria que essas modificações acabassem.

Leia também: Fim do horário de verão: como seria se o mundo inteiro tivesse a mesma hora?

O horário de verão atual consiste em adiantar uma hora no relógio todo último domingo de março e atrasá-lo no último domingo de outubro, algo que não tem agradado boa parte da população da União Europeia. “Esse debate sobre os horários no verão e no inverno tem acontecido há muitos anos”, explicou o presidente da comissão europeia Jean-Claude Juncker.

“Muitas pessoas estão contribuindo para essa discussão. Lançamos uma pesquisa pública que foi respondida por milhões de pessoas que pensam que, no futuro, deveríamos manter o horário do verão por todo o ano. Então é isso que vai acontecer. Se as pessoas querem, nós faremos”, disse para a emissora de televisão alemã ZDF sobre a mudança nos  países.

Leia também: "Parem de lavar banheiros": Maduro pede para que venezuelanos voltem para o país

O que é necessário para aprovar o fim do horário de verão?

O fim do horário de verão nos países da União Europeia depende da aprovação do projeto  pelo Parlamento Europeu
shutterstock
O fim do horário de verão nos países da União Europeia depende da aprovação do projeto pelo Parlamento Europeu

A mudança depende da aprovação do projeto, que será apresentado nesta sexta-feira (31), por todos os 28 Estados-membros do Parlamento Europeu , sendo a Finlândia um país que já se apresentou como contrário ao horário adotado no verão, argumentando que as modificações atrapalham a rotina e a saúde das pessoas, principalmente de idosos.

No último mês de outubro, mais de 70 mil finlandeses assinaram uma petição pedindo o fim do adiantamento no relógio durante os meses de verão. Por outro lado, as pessoas favoráveis à medida dizem que o período extra de sol pela manhã, no horário oficial, e à noite, nos meses do meio do ano, podem prevenir acidentes em rodovias.

Leia também: Quatro milhões de crianças refugiadas não frequentam a escola, revela ONU

O horário de verão  passou a ser colocado em prática na Europa entre as décadas de 1970 e 1990, contudo, só foi regulamentado em 2002. É importante ressaltar que a medida é aplicada nos países da União Europeia, sendo que outros territórios do continente, como a Rússia, Islândia e Belarus, não adotam o sistema.

*Com informações da Agência Ansa

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.