Tamanho do texto

Fenômeno foi registrado por moradores de Perth, que relataram 'bola de fogo' seguida por estrondo; cientista afirma que acontecimento é raro em áreas muito povoadas e que ocorre somente uma ou duas vezes ao ano

Cientista diz que 'bola de fogo' é um pedaço de meteoro, ou seja, um asteroide pequeno que caiu de outra atmosfera
Reprodução/Youtube
Cientista diz que 'bola de fogo' é um pedaço de meteoro, ou seja, um asteroide pequeno que caiu de outra atmosfera

Cientistas procuram restos de um meteoro que "despencou" do céu e iluminou a cidade australiana de Perth na noite dessa terça-feira (28). O fenômeno incomum foi flagrado pelas lentes de muitos espectadores, que ficaram chocados e relataram suas impressões.

Leia também: Asteroide gigante passará 'raspando' pela Terra nesta quarta-feira

Em entrevista à CNN , o professor da Universidade de Curtin, Phil Bland, explicou que, ao que tudo indica, a “bola de fogo” vista pelos moradores seja um pedaço de meteoro , ou seja, um asteroide pequeno que caiu de outra atmosfera. “Esse tipo de evento ocorre somente uma ou duas vezes por ano”, acrescentou. 

Bland afirmou que ele e um grupo de cientistas da Desert Fireball Network, iniciativa que busca rastrear o trajeto realizado por meteoros e asteroides, estão estudando o fenômeno e analisando as estradas de Perth com o intuito de encontrar o pedaço de corpo rochoso.

"Nós ainda não encontramos e, por isso, pedimos para que aqueles que identificarem um pedaço de rocha 'meio esquisito' entrem em contato com a gente. Essa pedra arredondada deve ter uma crosta negra, mas não com o mesmo formato que as rochas terrestres . E será um pouco mais pesada também”, disse.

Quedas de meteoro são raras em cidades 

Meteoro foi visto por residentes, que relataram tremor em suas casas, um estrondo e uma forte 'bola luminosa' no céu
Reprodução/CNN
Meteoro foi visto por residentes, que relataram tremor em suas casas, um estrondo e uma forte 'bola luminosa' no céu

O astrônomo ressaltou que, embora os asteroides passem pela atmosfera em períodos anuais, é muito difícil identificar esse tipo de evento ocorrendo em áreas densamente povoadas como é o caso de Perth.

Leia também: Meteorito de 4,5 bilhões de anos pode conter dados sobre início da vida na Terra

"É muito raro isso acontecer em Perth. Existem cerca de 50 ou 60 mil meteoritos presentes nas coleções de museus do mundo, eles são materiais incrivelmente valiosos, de uma perspectiva científica".

Uma testemunha relatou à Australian Broadcasting Corporation (ABC) que ouviu um estrondo e depois avistou uma luz forte no céu. "Eu pensei que fosse um raio seguido por um barulho de trovão, foi bem estranho. As janelas e portas da minha casa tremeram bastante. Nunca imaginaria que aquela ‘bola luminosa’ pudesse ser um asteroide”.

Leia também: Nasa anuncia descoberta de depósitos de gelo nas regiões polares da Lua

Bland afirmou que, para facilitar o registro desses fenômenos, atualmente há 50 câmeras espalhadas por toda a Austrália para capturar meteoros em queda. "Há tantas coisas que ainda não sabemos, há tanto mistério acerca de vários acontecimentos no Sistema Solar. A cada meteoro  encontrado, procuramos obter informações mais atualizadas e críticas”, concluiu.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.