Autoridades e jornalistas locais apontam que não foram verificadas mortes no local do acidente de avião no México
Reprodução/ Twitter/ @AztecaNoticias
Autoridades e jornalistas locais apontam que não foram verificadas mortes no local do acidente de avião no México



Um avião da companhia Aeroméxico se acidentou nesta terça-feira (31) próximo ao Aeroporto Guadalupe Victoria, em Durango, na região norte do México. De acordo com o secretário de Comunicações e Transportes do México, Gerardo Ruiz Esparza, o acidente de avião envolve 99 passageiros e quatro tripulantes.

Leia também: Avião que caiu no Campo de Marte é retirado da pista em São Paulo  

De acordo com Fernando Ros, da Secretaria de Saúde de Durango, 80 pessoas ficaram feridas no acidente de avião , 30 delas foram internadas e 12 estão em estado crítico.

O avião se acidentou por volta de 18h09, apenas cinco minutos depois de iniciar a decolagem. O piloto teria abortado a viagem devido ao mau tempo, e a aeronave, depois de deslizar pela pista, teria incendiado. Não é sabido se, em meio a este processo, o avião chegou a deixar o solo.

A empresa proprietária da aeronave confirmou o incidente. A causa do acidente , para a administração do aeroporto, teriam sido as condições metereológicas. Uma perícia mais apurada, contudo, ainda será conduzida.

Você viu?

O governador de Durango, José Aispuro, afirmou em sua conta no Twitter que as equipes de segurança e emergência foram todas destinadas para o local do acidente para prestar total socorro. Em entrevista, ele corroborou a hipótese de que a queda se deu em razão das tempestades no local.

Leia também: Vídeo mostra o exato momento do acidente aéreo no Campo de Marte 

De acordo a Aeroméxico, o vôo acidentado era de número AM 2431, da subsidiária Aeroméxico Connect, com destino à Cidade do México . O voo, que duraria cerca de 1h20, era operado por um Embraer 190 — fabricado no Brasil em 2008. A companhia aérea operava o avião desde 2014, com a matrícula XA-GAL.



Acidente de avião foi registado por moradores

Jornalista e moradores registraram a fumaça que sai da aeronave após o acidente de avião
Reprodução/Twitter/ @luizork
Jornalista e moradores registraram a fumaça que sai da aeronave após o acidente de avião

Moradores e jornalistas da região usaram o Twiter para publicar imagens do  acidente de avião . De acordo com as pessoas que estavam no local, chovia forte em Durango no momento do acidente.

Leia também: Avião de pequeno porte cai no Campo de Marte em São Paulo; piloto morreu

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários