Tamanho do texto

Acidente aéreo deixou o piloto morto e outras seis pessoas feridas no final da tarde desse domingo (29)

Avião que caiu no Campo de Marte é retirado da pista em São Paulo
Divulgação
Avião que caiu no Campo de Marte é retirado da pista em São Paulo

avião que caiu no início da noite desse domingo (29) no aeroporto do Campo de Marte, zona norte de São Paulo, foi retirado da pista na tarde desta segunda-feira (30). Um guindaste foi usado para recolher os destroços da aeronave.

Na queda da avião no Campo de Marte , o piloto Antonio Traversi acabou morrendo e outras seis pessoas ficaram feridas. De acordo com testemunhas, uma explosão sucedeu a queda da aeronave. O piloto da aeronave não resistiu aos ferimentos.

Mais cedo, o aeroporto precisou ficar fechado para facilitar o trabalho dos peritos. Até a retirada da aeronave os pousos e decolagens estavam proibidos no local da queda. As peças e o avião foram colocados em uma carreta. Depois da retirada do avião, termina a fase, no local do acidente, da perícia do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aéreos (Cenipa).

Vídeo mostra o acidente no Campo de Marte

Guindaste recolhe destroços de avião no Campo de Marte
Divulgação
Guindaste recolhe destroços de avião no Campo de Marte

Um vídeo gravado por um morador da zona norte de São Paulo mostra o exato momento em que um avião bimotor caiu sobre a pista e deixou um morto e outras seis pessoas feridas.

De acordo com a Record , que divulgou o vídeo com exclusividade, a gravação foi feita depois que esse morador – não identificado – notou que o bimotor já havia arremetido três vezes sobre a pista do Campo de Marte, sem conseguir pousar com sucesso.

Leia também: Avião cai nove mil metros e faz pouso de emergência na Alemanha neste sábado 

O acidente se deu devido a um pouso forçado, seguido de um incêndio. O ocorrido foi às 18h13 de ontem e a única vítima fatal do episódio foi o piloto da aeronave, Antonio Traversi. Seis das vítimas conseguiram escapar apenas com ferimentos.

Guindaste recolhe destroços de avião no Campo de Marte
Divulgação
Guindaste recolhe destroços de avião no Campo de Marte

A aeronave pertence à Videoplast, empresa que produz plástico e está sediada em Santa Catarina. Segundo a Infraero , que controla o tráfico aéreo no país, essa aeronave havia partido de Videira às 15h30, no mesmo estado em que fica a sede da Videoplast.

Leia também: Vídeo mostra o exato momento do acidente aéreo no Campo de Marte; assista

Segundo a própria Videoplast, embaracaram no avião rumo ao Campo de Marte os irmãos Nereu e Geraldo Denardi. Além deles e do piloto, viajavam Aguinaldo Nunes, coordenador da empresa, Agnado Crippa, Bene Souza e Enzo Denardi, filho de Nereu.

Assista ao vídeo: