Tamanho do texto

Polícia Federal Australiana recebeu um chamado de urgência na quinta-feira, encontrando coelho dentro de bolsa no lugar do explosivo denunciado; leia

Polícia Federal Australiana foi chamada até aeroporto devido suspeita de bomba, encontrando coelho no lugar de explosivo
Reprodução/Sociedade Real para a Prevenção da Crueldade contra os Animais (RSPCA)
Polícia Federal Australiana foi chamada até aeroporto devido suspeita de bomba, encontrando coelho no lugar de explosivo

As autoridades australianas tiveram uma surpresa "peluda e fofa" após serem chamadas para uma missão em um  aeroporto local. De acordo com informações do jornal Metro , a Polícia Federal Australiana (AFP) recebeu o chamado de urgência devido à suspeita de bomba dentro de um dos banheiros da instalação nessa quinta-feira (28). Porém, chegando lá, os oficiais não encontraram um explosivo, como o esperado, e sim um coelho.

Leia também: Homem seminu é preso após invadir pista de aeroporto e pular em asa de avião

A equipe de resgate informou que, depois de evacuar o aeroporto por conta da suspeita de bomba , foi até o banheiro, onde encontrou uma bolsa com o coelho dentro. Os policiais revelaram que o animal estava com uma corda vermelha envolta ao corpo e que, para retirá-lo do local com segurança, precisaram de reforços da Sociedade Real para a Prevenção da Crueldade contra os Animais (RSPCA).

Resgate do coelho após suspeita de bomba

Com a chegada do corpo de bombeiros e da instituição de proteção aos animais, o coelho foi retirado do banheiro do aeródromo público e mantido em uma gaiola. Ele passou a noite na sede da organização de resgate e não sofreu nenhum ferimento com a ação dos oficiais.

Leia também: Casal faz sexo em poltrona de avião e deixa passageiros incomodados; assista

A agente Nalika Van Loenen atuou na evacuação do aeroporto e no resgate do "mascote" e contou ter ficado muito surpresa, afinal, nunca presenciou algo semelhante em 26 anos de prestação de serviço para a RSPCA. “Foi algo inesperado para nós, mas no final deu tudo certo. Enquanto estávamos a caminho, os funcionários do aeroporto foram muito prestativos e deram cenouras para que o coelho ficasse tranquilo até que fossemos buscá-lo”.

O gerente da AFP, Brett McCann, frisou que, ao contrário do grupo de preservação animal, a polícia federal considera esse tipo de caso extremante comum em terras australianas. “Esse resgate é comum para nós, mas ainda assim é surpreendente e engraçado. Estamos investigando e analisando imagens de segurança para identificarmos o responsável pelo coelho abandonado. Pedimos ajuda a testemunhas que viram algo suspeito no dia”.

Leia também: Sul-coreana come lula crua e tem boca 'inseminada' por esperma do animal

Van Loenen acrescentou dizendo que há a possibilidade de que algum passageiro tenha deixado o mamífero no aeroporto por não ser permitido o transporte de animais nos aviões. Ela ainda expôs que, ao que tudo indica, a suspeita de bomba causada não foi proposital e que o coelho pode ter sido vítima de uma tentativa de tráfico de animais. “Várias hipóteses estão sendo estudadas, e esperamos receber telefonemas e visitas nos próximos dias para que o caso seja solucionado”, concluiu.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.